(…de l’Immense Infini.)

Info:

Fragment for baritone and orchestra (3333/4331/4 perc./strings) (ca.6′) (2012)

Dedicated to Luc Brewaeys

(…de l’Immense Infini.) for baritone and orchestra is based on fragments of a short text by Fernando Pessoa. This text, a part of Pessoa’s famous Book of disquiet, is a description of a pre-apocalyptical vision. In (…de l’Immense Infini.), I used the dynamical extremes of the orchestra to embody the atmosphere of the text: violent tutti passages are alternated with almost chamber-musical textures, wild orchestral tutti’s are followed by longer moments of silence.

Text:

O vento levantou-se… Primeiro era como a voz de um vácuo… um soprar no espaço para dentro de um buraco, uma falta no silêncio do ar. Depois ergueu-se um soluço, um soluço do fundo do mundo, o sentir-se que tremiam vidraças e que era realmente vento. Depois soou mais alto, urro surdo, um urrar sem ser entre um nocturno ranger de coisas, um cair de bocados, um átomo de fim do mundo.

Depois, parecia que (…)

First performance:

21-09-2012, Lisbon, Gulbenkian Foundation, Manuel Rebelo and Gulbenkian Orchestra conducted by Luca Francesconi.

Download: